Proposta de um Plano de Mobilidade Ciclável para Guimarães

AVE LANÇA PROPOSTAS LOW-COST PARA TORNAR GUIMARÃES UMA CIDADE MAIS AMIGA DA BICICLETA

No passado dia 8 de Junho, a Associação Vimaranense para a Ecologia (AVE) reuniu com a Vereação do Ambiente na Câmara Municipal de Guimarães, tendo apresentado um contributo para o Plano Municipal de Mobilidade que pretende incentivar o uso da bicicleta no quotidiano da cidade.

 Reconhecendo a actual tendência para uma maior utilização da bicicleta como veículo utilitário no dia-a-dia, a AVE apela a uma maior aposta neste meio de transporte, que já é cada vez mais atractivo para habitantes de várias cidades, e que em Guimarães tem potencial de crescimento.

O contributo da AVE assenta em quatro propostas de baixo custo, com uma aplicação que pode ser faseada e realizável no curto prazo com intervenções infraestruturais mínimas:

1. Medidas de acalmia de tráfego:

Redução da velocidade de circulação em locais específicos, transformando em “Zonas 30” as actuais “Zonas 40” em torno de escolas e bairros residenciais, com intervenções ao nível da sinalética; alinhamento de passadeiras com a altura dos passeios e meios de abrandamento de tráfego; fiscalização do estacionamento irregular e reordenação do tráfego viário de modo a aumentar ou melhorar a qualidade do espaço pedonal.

2. Criação de novos espaços de estacionamento para bicicletas:

Criar uma rede de estacionamentos para bicicletas, constituída por pequenos equipamentos de fixação de 5 lugares de bicicleta, em lugares públicos estratégicos e sem prejuízo do tráfego pedonal.

3. Criação de dois percursos cicláveis através da cidade

Criar dois percursos cicláveis que cruzam o centro da cidade, evitando situações de maior declive e ligando equipamentos públicos. Estes percursos podem ser parcialmente marcados por sinalética no pavimento, facilitando a convivência entre automóveis e bicicletas.

4. Criação de um programa específico de promoção da bicicleta

Introduzir programas de educação rodoviária e de incentivo à bicicleta nas escolas e locais de trabalho, através de participação e organização de eventos pontuais e programas anuais como por exemplo “Ir de Bicicleta para a Escola” e “Visitar Guimarães de Bicicleta”.

O objectivo principal destas propostas é demonstrar que Guimarães é uma cidade onde é fácil, rápido, conveniente e bastante económico – para além de extremamente amigável para o ambiente -, o uso da bicicleta no dia-a-dia. Desta forma pretende-se conquistar cada vez mais utilizadores quotidianos para este meio de transporte, de todas as idades e profissões.

 Clique na imagem para aceder ao documento