Carta aberta aos Vimaranenses – Via do AvePark

Caro(a)s Vimaranenses,

A AVE – Associação Vimaranense para a Ecologia tem acompanhado desde 2015 o processo da Via de acesso ao Avepark, e desde então tem alertado para os graves impactes ambientais e sociais desse projeto, na expetativa da sua reavaliação.

No entanto, e agora que a AVE teve acesso ao projeto de execução, verificamos que os nossos alertas foram ignorados e os nossos receios confirmados, como pudemos constatar com uma caminhada de reconhecimento feita ao longo do traçado da Via.

No seguimento dessa constatação, que evidenciou a gravidade dos impactes e a urgência de agir, a AVE fez uma intervenção na Assembleia Municipal e solicitou audiências a todos os grupos parlamentares municipais, à Mesa da Assembleia e ao Presidente da Câmara Municipal. Nessas reuniões demos conta das nossas preocupações e propusemos a convocatória de uma Assembleia Municipal Extraordinária para debater a Via do Avepark.

Entretanto, e para informar a população, iremos realizar sessões de esclarecimento nas freguesias afetadas pelo projeto, e disponibilizamos documentos e fotos em https://ave-ecologia.org/via-do-avepark/.

A AVE defende que o acesso ao Avepark e a mobilidade no norte do conselho devem ser abordados de forma integrada e em concordância com as estratégias nacionais e europeias que incitam à rentabilização das infraestruturas e ao transporte coletivo.

Assim, por tudo o que foi exposto, pelo dever de defender o ambiente e pela responsabilidade que temos para com as próximas gerações, a AVE vem manifestar a sua determinação em travar este trágico projeto para a sustentabilidade ambiental, e apelar ao vosso envolvimento ativo nessa missão.

Cordiais saudações,

A Direcção da AVE – Associação Vimaranense para a Ecologia

Advertisement

“Caminhar em Guimarães”: Taipas – Castro de Sabroso

Roteiro

No âmbito do “Caminhar em Guimarães”, a Ave – Associação Vimaranense para a Ecologia vai realizar a sua primeira caminhada do ano, domingo, dia 29 de janeiro de 2023, ao Castro de Sabroso, em Sande São Lourenço. 

Classificado como Monumento Nacional em 1910, o Castro de Sabroso de valor histórico e arqueológico, propicia, ainda, um excelente miradouro para contemplar a paisagem noroeste do Concelho de Guimarães e Vale do Ave.

O Arqueólogo Gonçalo Cruz da Sociedade Martins Sarmento, através de uma visita guiada, vai partilhar com o grupo de caminheiros o seu saber sobre a origem e a história deste Castro.

Vamos também dar a conhecer alguns recantos da Vila das Taipas, num percurso pela margem direita do Rio Ave até à Praia Fluvial de Briteiros Santo Estêvão, sempre com a companhia natural e relaxante do rio.

O Rio Ave, com as suas margens, suas praias fluviais, as levadas, e a ínsua, formam um conjunto de uma beleza ímpar que irá fascinar a todos.

Do rio para o monte, entre um misto de urbano e rural, chegaremos ao Avepark. Aqui, teremos oportunidade de conhecer um pouco desta infraestrutura, e a partir da qual, daremos início à acentuada subida ao Monte de Sabroso até ao Castro, onde faremos o piquenique.

Na descida do Monte de Sabroso, já no regresso às Taipas, e ainda em Sande São Lourenço, teremos a ocasião de ver e contemplar a Capela de São Brás e a sua envolvente.

O percurso é circular, terá início e fim no recinto da feira semanal de Caldas das Taipas.

Logística

Saída de Guimarães: 08:40h, junto à Universidade do Minho, em Azurém;

Início da Caminhada: 09:00h, no recinto da feira semanal de Caldas das Taipas;

Ficha Técnica

Grau de dificuldade: baixo/médio;

Distância a percorrer: 13Km;

Duração estimada da atividade: 6:00 horas;

Âmbito: Paisagístico, Natural e Patrimonial;

Cada participante deve levar farnel e água.

Não é necessária inscrição na caminhada. Basta aparecer!

A caminhada é gratuita para todos!

Nota: esta caminhada não inclui seguro e pode ser alterada por razões externas à organização.

Consulte e divulgue este evento na página da AVE no Facebook.

Caminhada Avepark

Cara/o Associada/o e Amiga/o,

A  Ave – Associação Vimaranense para a Ecologia vai mais uma vez “Caminhar em Guimarães”, e retornar ao tema da Via do Avepark.

Roteiro

Assim, no próximo dia 20 de novembro, e agora que as caraterísticas da nova estrada já são conhecidas, pretendemos divulgar e promover o contacto com o património cultural, ambiental e paisagístico que ficará comprometido com o traçado projetado, contribuindo assim para uma reflexão informada sobre a Via do Avepark.

Logística

Saída de Guimarães: 09:45h – Junto à Universidade do Minho em Azurém;

Início da Caminhada: 10:00h – Junto à loja da JOM em S. João de Ponte;

Ficha Técnica

Grau de dificuldade: baixo;

Distância a percorrer: 13 km;

Duração estimada da atividade: 6 horas;

Âmbito: Ordenamento do território, paisagístico, natural e patrimonial.

Devem trazer farnel para o almoço, algum reforço e água em quantidade necessária.

Não é necessária inscrição na caminhada. Basta aparecer!

A caminhada é gratuita para todos!

Nota: esta caminhada não inclui seguro e pode ser alterada por razões externas à organização.

Consulte e divulgue este evento na página da AVE no Facebook

Ecorâmicas 2022

Decrescimento: Humanizar a Economia

Chegando ao final do mês de Outubro é tempo de nos juntarmos a ver filmes/documentários e curtas metragens, para além de debates, com o ambiente no centro da nossa atenção. 

Vimos, por isso, convidar-te para estares presente nas Ecorâmicas (mostra de cinema documental sobre sociedade e ambiente) a decorrer no Fim de Semana de 29 e 30 de Outubro, no auditório da fraterna. 

O tema deste ano é “Decrescimento: Humanizar a Economia”. 
Kenneth Boulding disse que “Quem acredita que o crescimento exponencial pode durar para sempre em um mundo finito ou é um louco ou um economista” e por isso este ano debruçamos sobre o Decrescimento que para além de ser um conceito económico, é também político. Propõe que se mude o paradigma de que as melhorias de condição de vida não estejam associadas ao crescimento consumo pois este não é sustentável pelo nosso ecossistema global, uma vez que os recursos naturais são finitos e por isso não é possível esperar que o crescimento seja infinito.
Podem encontrar mais informações e o programa no nosso site na página dedicada às ecorâmicas deste ano: https://ave-ecologia.org/ecoramicas/2022-decrescimento-humanizar-a-economia/

No decorrer do evento vamos dinamizar um “canto de trocas” onde iremos ter aqueles pequenos objectos que, estando em bom estado, já não nos fazem falta mas podem ainda ter muita utilidade noutras mãos. Se tiveres um livro ou outro “pequeno” utensílio/objeto que te pareça enquadrar neste “canto” traz e talvez ele “ganhe” uma 2ª oportunidade nas mãos de outro ecorâmico e o que sobrar irá ser doado a Fraterna… O canto não está aberto a peças de roupa!

E porque aquilo que nos atrai é mesmo um bom ambiente, no Domingo à tarde, no final das sessões, teremos um pequeno lanche para partilhar.

Aparece! A entrada é gratuita. 

Caminhada do Trilho da Poças

Passado o verão e as férias, a AVE vai retomar as caminhadas no dia 2 de outubro de 2022, e dar a conhecer alguns pontos de interesse de natureza paisagística da união de freguesias de Creixomil e Mariz, bem como uma pequena parte da U. Freguesias de Tamel Sta. Leocádia e Vilar do Monte, do concelho de Barcelos.

Roteiro

O percurso é circular, com início e fim junto à Capela Nossa Senhora do Rosário. Tem uma forte componente ambiental e insere-se numa das mais interessantes áreas do concelho a nível de fauna e flora autóctones.

Em ambiente maioritariamente rural, vamos caminhar e admirar a paisagem dos verdes campos, apreciar as diversas poças de rega que ao longo do percurso nos mostram a relação do homem com a natureza na gestão da abundante água que prolifera nestas terras.

Ao longo do percurso vamos ainda contemplar pequenas levadas, ribeiras, pontelhas, moinhos, e ser inebriados pela magia da natureza.

Logística

Saída de Guimarães: 08:45h – Junto à Universidade do Minho em Azurém;

Início da Caminhada: 09:30h – Junto à Capela Nossa Senhora do Rosário, em Creixomil – Barcelos.

Ficha Técnica

Grau de dificuldade: moderado/baixo;

Distância a percorrer: 11Km;

Duração estimada da atividade: 6 horas;

Devem trazer farnel para o almoço, algum reforço e água em quantidade necessária.

Não é necessária inscrição na caminhada. Basta aparecer!

A caminhada é gratuita para todos os participantes!

Nota: esta caminhada não inclui seguro e pode ser alterada por razões externas à organização.

Consulte e divulgue este evento na página da AVE no Facebook

Local de início da caminhada das Poças, em Creixomil-Barcelos.

Faça-se Sócio da AVE!