AVE presente nas Jornadas da ASPEA

comunicacaoDe 23 a 25 de Março a ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental – irá promover, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, as XXIII Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental, subordinadas ao tema “Ecocidadania”.
A escolha da cidade de Guimarães para acolher este evento está relacionada com a sua candidatura “Capital Verde da Europa” e o contributo da AVE será dado através de uma comunicação, no dia 24 de Março, pelas 16H00, sobre o papel das “Ecorâmicas” (mostra de cinema documental) como ferramenta de educação ambiental. Com efeito, esta mostra de cinema, iniciada em 2013, já envolveu, ao longo dos anos, a participação de algumas centenas de alunos de diversas escolas da região. É sobre essa experiência que a AVE irá estar presente no painel das ONGA’s e , assim, partilhar o seu contributo na educação ambiental, em contexto local.
Paralelamente às Jornadas, irá decorrer IV Encontro Nacional de Monitores do Projeto Rios, projeto do qual a AVE já faz parte desde 2015, com a “adoção” de um trajeto do rio Ave, e ainda um Curso de Formação para professores “Educação Ambiental para a Sustentabilidade: Aprender Fora de Portas”.
As Jornadas Pedagógias da ASPEA são destinadas essencialmente aos professores, mas também a educadores ambientais, estudantes. técnicos de ONG, autarquias, investigadores e público em geral.
As Jornadas irão contar com a presença de especialistas e convidados nacionais e internacionais do espaço Lusófono e da Galiza.
Quem quiser participar é só aceder ao site https://jornadaseaaspea201.wixsite.com/jornadaseaaspea2017

Anúncios

A Associação Vimaranense para a Ecologia adota o primeiro troço do rio Ave

A AVE aproveita o Dia Mundial da Água para divulgar a adesão ao Projeto Rios, através da adoção de um troço de 500 metros do Rio Ave, nas freguesias de Brito e S. João de Ponte, concelho de Guimarães.

Capturar

projeto rios logoO Projeto Rios é um projeto que visa a participação social na conservação dos espaços fluviais, procurando acompanhar os objetivos apresentados na Década da Educação das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável e contribui para a implementação da Carta da Terra e da Diretiva Quadro da Água.

A aplicação prática deste projeto visa a realização de um conjunto de atividades de identificação e monitorização dos vários componentes que constituem o ecossistema aquático, promovendo o interesse pelas questões ambientais e alertando para a necessidade de proteção e valorização das zonas ribeirinhas.
A AVE espera poder contar com os sócios e amigos no desenvolvimento das ações inerentes ao Projeto e desafia outros grupos ou associações a adotarem os nossos rios.