Filmes Ecorâmicas 2016

NOTA: Todos os filmes serão exibidos no Auditório da Fraterna (Couros).

“Amanhã”, de Mélanie Laurent e Cyril Dion

  • Quando: 27 de outubro, quinta-feira, 21h45
  • Classificação | Duração: M/6 | 118 min.
  • Sinopse: E se mostrar soluções, contar uma história positiva, fosse a melhor forma de resolver as crises ecológicas, económicas e sociais que atravessam o nosso mundo? Após a publicação de um estudo que anuncia a possibilidade do desaparecimento da humanidade até 2100, Cyril Dion e Mélanie Laurent partiram com uma equipa de quatro pessoas, para investigar em dez países aquilo que poderá provocar esta catástrofe e, sobretudo, como evitá-la. Durante a sua viagem, encontraram pioneiros que reinventaram a agricultura, a energia, e economia, a democracia e a educação. Ao juntarem todas estas iniciativas positivas, eles começam a ver emergir aquele que poderá ser o mundo de amanhã…

“In Transition 2.0”, de Emma Goude

  • Quando: 29 de outubro, sábado, 15h00
  • Classificação | Duração: M/6 | 67 min.
  • Sinopse:In Transition 2.0 é uma experiência inspiradora do movimento de Transição, reunindo histórias de todo o mundo de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias. Ouviremos falar de comunidades a imprimir seu próprio dinheiro, cultivo de alimentos em todos os lugares, criação de centros comunitários… Num mundo cheio de tristeza, esta é uma história de esperança e criatividade.

“Que Estranha Forma de Vida”, de Pedro Serra

  • Quando: 29 de outubro, sábado, 17h30
  • Classificação | Duração: M/12 | 110 min.
  • Sinopse: Neste documentário, Pedro Serra aborda formas de vida paralelas à sociedade convencional, facilmente apelidadas de estranhas. Acompanha-se de perto a vivência na eco-aldeia de Cabrum, recente comunidade no norte de Portugal; a Cooperativa Integral Catalana, em Barcelona, que pratica a autogestão com moeda própria – o Eco; e a comunidade de Tamera, no Sudoeste de Portugal, com quase 20 anos de existência, centro de pesquisa para a paz, com filosofia de amor livre e em busca da auto-suficiência.

“Good Things Await”, de Phie Ambo

  • Quando: 29 de outubro, sábado, 21h30
  • Classificação | Duração: M/12 | 96 min.
  • Sinopse: Niels Stokholm é um dos agricultores mais idealistas da Dinamarca. Cuida de uma quinta biodinâmica com a sua mulher, Rita, e a partir dessa quinta, Thorshøjgaard, distribuem produtos para alguns dos melhores restaurantes do mundo. Mas nem todos apreciam Thorshøjgaard e os métodos holísticos aí empregues. As autoridades e a burocracia ameaçam fechar a quinta. Phie Ambo acompanha a sua luta para garantir que eles não são os últimos a praticar a agricultura desta maneira, mas sim uns dos primeiros.

“Desobediência”, de Kelly Nyks

  • Quando: 30 de outubro, domingo, 15h00
  • Classificação | Duração: M/12 | 41 min.
  • Sinopse: “Desobediência” conta a história de David e Golias na linha da frente, onde os líderes arriscam a vida e a integridade física lutando por um clima suportável. Ao lado desse filme fascinante estão as vozes mais célebres do debate global sobre movimentos sociais e justiça climática, numa série pessoal, apaixonante e poderosa.Os riscos não poderiam ser maiores e as missões não poderiam ser mais cruciais.
  • Trailerhttp://pt.watchdisobedience.com/trailer/?noredirect=pt_PT

“Confissões de um Eco-Terrorista”, de Peter Brown

  • Quando: 30 de outubro, domingo, 16h00
  • Classificação | Duração: M/12 | 90 min.
  • Sinopse: “Confissões de um Eco-Terrorista” é um documentário surpreendente que conta as proezas de Paul Watson e sua tripulação a bordo do navio “Sea Shepherd”. É um trabalho perigoso, na defesa dos oceanos e dos seus habitantes. É narrado com uma boa dose de humor e revela 30 anos do ambientalista mais polémico de todos os tempos, que foi expulso do Green Peace em 1977 por agir de forma violenta contra os baleeiros, enquanto o Green Peace tem o compromisso com a não-violência.
Anúncios