Andorinha-das-barreiras (Riparia riparia)

Historicamente associada à chegada da Primavera, esta espécie migradora é a mais pequena das andorinhas, ocorrendo em Portugal entre Março e Setembro. É durante essa época que a Andorinha-das-barreiras escava um túnel com cerca de 2 metros de comprimento em barreiras de terra ou taludes. Aí vai depositar os seus ovos, que incubam durante 15 dias. A visão de uma colónia de andorinhas a alimentar as suas crias é deveras encantadora. Após o período de nidificação, a África e o Sul da América são as zonas de eleição para passarem o Inverno. É uma espécie muito comum em Guimarães.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s