Pisco-de-peito-ruivo (Erithacus rubecula)

Possui um dos cantos mais melodiosos que tipicamente caracteriza um dia de Outono no bosque. É possível identificar esta espécie através da mancha laranja que possui desde a testa até ao peito. O pisco-de-peito-ruivo, de aspecto rechonchudo, alimenta-se de frutos, bagas e pequenos invertebrados. A maioria dos Piscos está em Portugal durante todo o ano. Porém, existem alguns que aqui vêm apenas para passar o Inverno, originários da Escandinávia, ou mesmo da Rússia. Outros provêm da Europa Central e Ocidental. Muitos dos Piscos invernantes voltam aos mesmos locais de invernada em Portugal de uns anos para os outros. É uma espécie muito flexível relativamente ao habitat, pois é possível observá-lo em bosques, pomares, parques e até em plena cidade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s