O Ambiente na História (2)

Esta rúbrica pretende relatar factos, noticias e curiosidades de outros tempos, relacionados com o ambiente no concelho de Guimarães. 

5466810826_b41e705868_z

 Ora vejam, em tempo de guerra, porque se vai falar dela mais uma ou duas vezes, nestas histórias sobre ambiente em Guimrães, alguém a ver se imitava as bombas, com as cascas de laranja! E alguém irritado que fala de repressão e se calhar tinha razão:

«As cascas de laranja. Vieram trazer-nos aplausos ao apêlo que fizemos para que se metam na ordem todos aqueles que lançam cascas de laranja na via publica.
A repressão tem que ir mais longe, pois artérias ha que, por mais que se varram, apresentam sempre vestígios de pouca limpeza.
Guimarães precisa conservar a sua feição de cidade limpa asseada, e, por isso, necessário é que os seus habitantes, mesmo aqueles que fazem vida ás portas das casas, se convençam que as ruas não são nenhum caixote do lixo!»

in, “O Comércio de Guimarães”, 1941.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s